Uma alergia é uma reação excessiva por parte do sistema imunitário de uma pessoa a algo geralmente inofensivo para outras pessoas.

Substâncias comuns conhecidas como capazes de causar reações alérgicas são proteínas ou substâncias químicas, incluindo pólen, ácaros, esporos de fungos, pelo de animais, picadas de insetos, medicamentos, conservantes e fragrâncias, e alguns alimentos, como amendoins, ovos e leite.

Ainda não está totalmente esclarecida a razão porque algumas substâncias desencadeiam alergias e outras não, nem porque apenas algumas pessoas desenvolvem uma reação alérgica após a exposição a alérgenos. Geralmente, as alergias podem causar várias reações tais como pingo no nariz, espirros, comichão, prurido, erupções cutâneas, inchaço ou asma. Estima-se que uma em cada quatro pessoas vai experimentar uma alergia em algum momento da sua vida.

É raro ter acontecido que as substâncias contidas em detergentes e produtos de limpeza tenham causado uma reação alérgica. Algumas pessoas sensíveis podem ocasionalmente desenvolver uma erupção cutânea conhecida como ‘dermatite de contacto’ mesmo decorrente da utilização normal de detergentes. No entanto, apenas 10% das reações cutâneas são causadas por alergias.  

Se suspeitar que tem uma alergia cutânea causada por detergentes ou produtos de conservação, siga oa seguintes passos: 

  1. Caso tenha problemas de saúde que pense que possam ter sido causados por uma possível reação alérgica a algo: Marque uma consulta no seu médico.
  2. Quando for à consulta, leve uma lista de todos os produtos que tenha utilizado nas semanas anteriores, juntamente com a embalagem sempre que possível. Às vezes, os tecidos ou a bijuteria que usou podem ser também do interesse do seu médico. Tome também nota de quaisquer alterações de estilo de vida ou de dieta que possa ter feito. 
  3. O médico vai encaminhá-lo para um dermatologista, se necessário. Guarde a lista dos produtos e todas as embalagens para o dermatologista ver. O dermatologista pode realizar um ‘patch test’ de diagnóstico para determinar a que substâncias pode ser alérgico.
  4. Se for diagnosticado com uma alergia, o dermatologista vai facultar-lhe informação sobre a substância a que é alérgico, aconselhá-lo sobre como evitar a(s) substância(a) e providenciar-lhe qualquer tratamento necessário para resolver a reação cutânea ou outra.
  5. Certifique-se de que conhece as designações químicas das substâncias no seu detergente e produtos de limpeza consultando o rótulo e verificando o sítio Web correspondente que faculta informação sobre esses ingredientes. 
  6. Para evitar que a alergia volte a aparecer, deve evitar expor-se a este material novamente tanto quanto possível. Pode fazer isso:

  • Verificando o detergente e os produtos de conservação que já tem em casa. Se esses produtos contiverem a substância, deixe de usar o produto ou tome medidas para limitar a exposição, por exemplo, utilizando luvas. 
    • Quando compra um produto, verifique sempre o rótulo para ver se contém a substância a que é alérgico(a). Verificando a lista completa de ingredientes no sítio Web do fabricante ou da marca. 
    • Também pode ligar ou escrever para o serviço de apoio ao cliente do fabricante para mais informações sobre ingredientes específicos sobre os seus produtos.

As irritações cutâneas frequentemente têm sintomas similares às reações alérgicas (por ex.: vermelhidão ou prurido). Estão estritamente limitadas a essa área da pele que entra em contacto com a substância que provoca irritação. As irritações são fundamentalmente diferentes das reações alérgicas: as irritações manifestam-se no espaço de minutos ou de algumas horas após o contacto com a substância que provoca a irritação da pele, mesmo sem exposição prévia. As substâncias que provocam irritação cutânea geralmente precisam de estar presentes em concentrações mais elevadas para causar uma irritação.

A lavagem da roupa e a limpeza de áreas comuns contribui decisivamente para reduzir as pressões de alergias no ambiente comum de pessoas alérgicas. Um exemplo é a redução de alergénios de ácaros domésticos, que ocorre especialmente em roupas de cama e colchões.

Leia mais informação sobre ingredientes e alergénios.